março 07, 2013

9

como se fosse
uma casa
minha
lua
asa
meu
cais
depois
escuro
devagar
um azul
silêncio
não fosse
nunca mais


Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.