abril 12, 2013

28

queria explicar o inexplicável  fios sem luz  fala sem som lágrima sangue azeite saudade sem porto parede sem porta essa leveza tudo o que não pode ser
sendo


Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.